CRF-AM fiscaliza farmácias e laboratórios de unidades públicas

De 2 a 4 de junho, a equipe de fiscais do Conselho Regional de Farmácia do Amazonas (CRF-AM) esteve realizando fiscalizações de orientação e averiguação do cumprimento de protocolos de saúde referentes a Covid-19 em unidades de pronto atendimento,  urgência e emergência da rede pública.

Nesta fiscalização, foram visitados o Serviço de Pronto Atendimento Joventina Dias e o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. Em ambos, os laboratórios de análises clínicas  estavam regulares perante o CRF-AM, com farmacêuticos responsáveis técnicos plantonistas presentes.

No entanto, em ambos, as farmácias hospitalares estavam irregulares perante o CRF-AM, pois não possuem responsável técnico farmacêutico inscrito e habilitado para assistência em todo seu horário de funcionamento. As duas farmácias possuem farmacêutico apenas no horário noturno, de segunda-feira à sexta-feira, em desacordo com a Lei Federal 13.021/2014. As duas unidades funcionam com assistentes administrativos nos demais horários, o que é ilegal.

Quanto à segurança, nas duas unidades os funcionários estavam seguindo as normas de segurança em relação à Covid-19, devidamente paramentados, com os Equipamentos de Proteção Individual adequados e recomendados pelos órgãos competentes.