Citologia em meio líquido é incorporada ao SUS

A portaria da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos do Ministério da Saúde tornou pública a decisão de incorporar a citologia em meio líquido para rastreamento de câncer de colo de útero e lesões precursoras, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi publicada no Diário Oficial da União, do dia 16 de dezembro. 

A decisão contou com a articulação da diretoria da Sociedade Brasileira de Controle de Contaminação (SBCC) e da Comissão de Citologia do Conselho Federal de Farmácia, que tem como membro a Dra. Karla Regina Elias, Conselheira Federal suplente pelo Amazonas.

Conforme determina o art. 25 do Decreto n° 7.646/11, o prazo máximo para efetivar a oferta ao SUS é de cento e oitenta dias.

O relatório de recomendação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único em Saúde (Conitec) sobre essa tecnologia estará disponível no endereço eletrônico: http://conitec.gov.br/.