Após ação do CRF-AM, Ministério Público abre inquérito em Uarini

O trabalho de fiscalização intensa nos municípios do interior do Amazonas gera mais um resultado efetivo. O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) instaurou um inquérito pára apurar irregularidades nos estabelecimentos farmacêuticos no município de Uarini.

A portaria, assinada pelo Promotor de Justiça Gustavo Van Der Laas, é datada de 14 de agosto de 2019 e foi publicada esta semana no Diário Oficial do MP-AM.

Com mais este inquérito instaurado, já são quatro municípios do interior com investigação em andamento após ações de fiscalização do CRF-AM. O órgão estabeleceu como meta, para este ano, visitar todos os 62 municípios do Amazonas, e este objetivo será concluído até o início de dezembro. O feito é inédito na história do CRF-AM.